ūüĒ•Libertar de emo√ß√Ķes dif√≠ceis

Como podemos lidar com emo√ß√Ķes dif√≠ceis?

O que fazer naqueles dias em que nos sentimos frustrados, confusos ou até zangados? Em que estamos mal mas nem sabemos bem como processar ou perceber o que se está a passar connosco?

Vejamos 3 formas concretas de nos ajudar a lidar com estados emocionais difíceis:

ūüďĆ1¬ļ Tomar consci√™ncia

Quando nos sentimos a reagir às coisas com violência, dar um passo atrás e tomar conta do que está por trás. Se calhar estou aflito, cansado ou assustado. Ganhar honestidade emocional e conhecer-nos melhor para com simplicidade reconhecer quando algo não está bem.

ūüďĒ 2¬ļ Fazer Journaling

Journaling é um nome pomposo para pegar numa caneta e papel e escrever tudo o que nos aflige. Não julgar, analisar ou pensar, fazer antes um vómito mental de tudo o que nos ocupa e preocupa. O que é importante está na ponta da caneta, não nas nossas ideias. Libertar livremente.

ūü§≤ 3¬ļ Partilhar com um amigo

Revelar o que se está a passar connosco, mesmo que não tenhamos a certeza o que é! Desabafar com alguém em quem confiemos o que nos vai na alma, e aos poucos vamos sentindo o peso a aliviar.

Aprender a reconhecer o que se passa, escrever livremente e partilhar com um amigo ajuda-nos a sair do novelo emaranhado das nossas emo√ß√Ķes e a ver as coisas com outra perspetiva, liberdade e esperan√ßa.


‚úŹÔłŹ Cita√ß√£o da Semana

Um bom primeiro passo para perceber onde queremos ir, é lembrar como chegámos aqui. J. Colonna


ūüíĆ Para seguir o inesperado no youtube, clicar aqui.

Comments

Comenta aqui

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Est√° a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sess√£o /  Alterar )

Facebook photo

Est√° a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sess√£o /  Alterar )

Connecting to %s