Consumir ou não consumir?

16 Set

Um dos nossos defeitos de fabrico é a necessidade de consumir coisas.

Consumir roupas, acessórios, livros, gadjets, telemóveis e por aí fora.
Coisas que nem sempre precisamos, mas que normalmente deixam a carteira com frio.
Como saber então que consumir ou não consumir? Como evitar comprar tralha desnecessária? Como evitar aquela sensação de termos gasto mais dinheiro do que podíamos?

Apesar da ideia que aí vem ser desagradável para quem está com aquele impulso maroto de fazer uma compra nova… o melhor é esperar.

A sério, fechar a carteirinha, dar meia volta e ir para casa. (sim, para te consolares podes ver uma série no sofá)

Há várias boas razões para esperar, especialmente em compras que envolvem algum dinheiro:

1. Esperar faz o desejo aumentar.
Esperar ajuda a preparar-nos para o que desejamos. Podemos informar-nos bem sobre o que queremos comprar, e ter a certeza que é realmente uma boa compra. Dá muito mais gozo estudar bem o que queremos, fazer uma encomenda e esperar que chegue, do que passar numa loja e comprar logo à bruta o que nos apetece.
2. Poupar é melhor que usar crédito.
Por vezes para satisfazer uma necessidade de consumo, usamos crédito para termos logo o que queremos. O problema  é que ao usar crédito satisfazemos a necessidade imediatamente, mas ainda não a pagámos. Ficamos a pagar em maravilhosas suaves prestações, que duram bem mais do que o tempo que gozamos o que comprámos. Se esperarmos, temos tempo de poupar, e depois usar dinheiro que temos, sem precisar de pedir crédito.
3. Despistar para não ser despistado.
Se sentimos aquela necessidade matadora de consumir, podemos despistá-la com outras compras que nos “saciem”, mas que saem mais baratuxas. Comprar uma comida boa para nos mimar, um disco novo, coisas mais em conta. Talvez nos apercebamos que queríamos apenas um miminho e assim não nos despistámos com nenhuma extravagância.
inesperado.org - consumir ou nao consumir 17.9.13

Os economistas adoram dizer que temos necessidades ilimitadas, e recursos limitados. E têm razão. Por isso, para os nossos escassos recursos e necessidades ilimitadas, temos que saber fazer melhores escolhas.

E para isso ajuda não só esperar como fazer algumas perguntas antes de consumir:

Preciso realmente disto? Quanto tempo me vai durar?  Em média quantas vezes por semana vou usar isto?  Isto serve para outras pessoas ou só para mim?

Bem melhor que o alívio de satisfazer uma necessidade imediata de consumo, é a satisfação de saber esperar e comprar uma coisa que realmente queremos.

2 Respostas to “Consumir ou não consumir?”

  1. Anónimo 23 de Setembro de 2013 às 14:20 #

    Também ajuda ir “dar uma volta” sem a carteira… é um bom hábito que ajuda a dominar as tentações…

  2. Anónimo 17 de Setembro de 2013 às 9:36 #

    Não podia ser mais oportuno!

Comenta aqui

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: