5 ideias sobre a felicidade.

2 Jul

1. Todos somos infelizes.
Quer seja em casa, com os amigos, no trabalho, na saúde. Há sempre ali algum ponto onde as coisas não estão como gostaríamos, onde falta-nos alguma coisa.
Muitas vezes achamos que os outros têm essa coisa que nos falta :”Txii, ela é que está bem. É gira, tem um marido impecável e um bom trabalho…” Mas por muito improvável que nos possa parecer, essas pessoas também têm a sua infelicidade. De certa forma, todos somos infelizes, porque nos falta alguma coisa.

2. Todos somos felizes.
Mas será que para estarmos felizes não nos pode faltar nada? Que as coisas têm que estar resolvidas e arrumadas para sermos felizes? E se fosse possível ser feliz, apesar do que nos falta? E se fosse possível ser feliz precisamente porque nos falta alguma coisa?
Na realidade, há sempre uma diferença entre o que somos e o que gostaríamos de ser. Essa diferença, essa tensão, pode ser o motor que nos leva a ser felizes . É nessa distância entre o sítio onde estamos e onde gostaríamos de estar, que nos realizamos plenamente. É na luta, na procura, no desafio, que encontramos a felicidade que tanto procuramos. Se todos temos coisas que nos faltam, então todos podemos ser felizes.

3. A felicidade reconhece-se.
Não demora muito a reconhecer uma pessoa feliz. Sente-se, vê-se e percebe-se. A felicidade genuína, arrebata e contagia. Nada provoca tanto quanto uma pessoa realmente feliz. Põe-nos em cheque do princípio ao fim, porque o seu brilho revela as nossas sombras.
É maravilhoso termos pessoas assim na nossa vida: pessoas encontradas, realizadas, felizes. É ainda mais maravilhoso sermos uma dessas pessoas.

4.A felicidade chega a todo o lado.
Por vezes achamos que há alguma coisa de fundamentalmente errada connosco, que nunca nos deixará ser felizes.
Alguma coisa que nos fizeram ou alguma coisa que fizémos. Alguma coisa que nos exclui a possibilidade de sermos realmente felizes.
Acontece que isso é verdade. É absolutamente verdade… enquanto acreditarmos nisso.
A partir do momento em que aceitamos que todos temos as nossas cicatrizes – and that’s ok – e que nada está irremediavelmente perdido, podemos finalmente começar a receber a felicidade que nos está reservada. Não somos ninguém para dizer que não merecemos a felicidade.

5. A felicidade é uma escolha.
Há momentos em que sentimos a felicidade de forma evidente e plena. Mas para vivermos uma felicidade de fundo, precisamos de lutar por ela. Não se trata de querer agarrá-la demasiado, porque ela foge. Trata-se de um foco permanente no que podemos oferecer aos outros, e não no que podemos receber. A felicidade nasce dessa generosidade, mas para isso é preciso uma escolha. Uma escolha que não se adia, nem se adianta.
A felicidade é uma escolha para agora.

Uma resposta to “5 ideias sobre a felicidade.”

  1. Filipa Félix Machado 3 de Julho de 2013 às 16:44 #

    Gostei do ponto 5: a felicidade é uma escolha. É um bocado como escolher sorrir mesmo quando estamos cansados ou acabámos de ter um furo a caminho do trabalho.
    Forçar o sorriso (não o amarelo), traz à superfície a felicidade. Já experimentaste zangares-te com alguém, ou até com a vida, enquanto sorris? Eu também não mas disseram-me que é muito difícil!

Comenta aqui

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s