Para que serve a tua vida?

26 Nov

O escritor Mark Twain dizia que os 2 dias mais importantes da nossa vida são o dia em que nascemos, e o dia em que descobrimos para que é que nascemos.

Descobrir o sentido da nossa vida é fabulosamente importante, mas se nos perguntamos demasiadas vezes qual é o sentido…então nunca vamos encontrar uma resposta.

Se perdemos demasiado tempo a tentar perceber qual o sentido de tudo, qual a nossa razão de ser, estamos precisamente a fugir das respostas que tanto procuramos. Estamos a consumir-nos em questões existenciais intermináveis, em vez de darmos o nosso melhor com o que temos pela frente… porque é precisamente que as respostas vêm.

Não nos descobrimos a teorizar sobre o sentido da vida ou à espera que a inspiração nos toque. Não nos descobrimos isolados do mundo ou sem correr riscos. Descobrimos para que servimos quando estamos embrenhados a viver a vida.

Na realidade, descobrimos para que servimos quando trabalhamos consistentemente no mundo real. Com problemas que nos fazem tremer as pernas, com medos que nos assustam, com erros que nos fazem corar. Revelamo-nos na tensão entre o ponto onde estamos e aquele para onde estamos a ir. Não apenas quando chegamos lá (se é que chegamos). Talvez seja essa tensão entre o que somos e o que seremos, que nos realiza, nos supera e nos revela.

para que serve a tua vida

Há um filósofo francês que diz que se não sujarmos as mãos, acabamos por perdê-las. Nós queremos tanto poupar as nossas mãozinhas para a altura ideal, para o trabalho perfeito, para família certa, para quando tivermos todas as respostas, que acabamos por não as usar. Esquecemos que as respostas para o coração chegam pelas mãos.

Descobrir para que somos feitos é uma aventura do tamanho da nossa vida. Essa aventura não se vive na bancada, à distância, a fazer teorias ou a mandar bocas. Vive-se saltando para o campo.
É hora de arregaçar as mangas e descobrir para que servimos.

11 Respostas to “Para que serve a tua vida?”

  1. aa 20 de Dezembro de 2013 às 14:51 #

    Apesar de um pouco descontextualizado.. Os grandes comediantes Gato Fedorento respondem a esta questão de uma forma bastante engraçada e simples:

    lembra-te de comer bem
    “BUBER” tambem
    E rir com vontade

    mas melhor do que isto até
    é praticar a sexualidade

    nao percas tempo na estrada
    nao serve pra nada
    evita as filas

    arranja uma boa mulher
    ou um gajo qualquer
    se fores larilas

    REFRAO:
    NOS VAMOS TODOS FALECER
    PATINAR, BATER AS BOTAS
    EU VOU ESTICAR O PERNIL
    CONVIVER COM AS MINHOCAS

    TU VAIS FECHAR A PESTANA
    E FAZER PRA SEMPRE Ó-Ó
    NOS VAMOS PASSAR A SER HUMUS
    QUE E UMA ESPECIE DE COCO

    prova o morango e a roma
    a uva e a maça
    o figo e cereja

    o mundo tem lindas cores
    e belos odores
    menos em estarreja

    tenta por todos os meios
    viver sem receios
    nao ha que temer

    quer tenhas ou nao tenhas medo
    mais tarde ou mais cedo vais falecer!!

    REFRAO

    expirar,falecer,extinguir,apagar
    cessar,fenecer,esvair,patinar
    morrer,acabar,definhar,concluir
    perecer,terminar,descansar sucumbiiiiir

    REFRAO

    QUE E UMA ESPECIE DE COCO
    DE COCO
    DE COCO!!!!

  2. Leonardo Guerra 19 de Dezembro de 2013 às 14:12 #

    Este texto serve para quê? Realmente é muito inspirador…. Sentido da vida= viver feliz e contente sem chatear os outros. Bastava por isto

  3. Patrícia Rodrigues 16 de Dezembro de 2013 às 17:42 #

    Obrigada por mais um texto inspirador !!… Por mais que pense na razão de tudo isto nunca encontrei uma resposta… !! Por isso concordo que o sentido da vida é a propria vida… :) Tudo o resto é demasiado grande e não temos capacidade de o compreender… na minha modesta opinião… claro !!

  4. Anónimo 28 de Novembro de 2013 às 21:52 #

    Lamento mas nao concordo com o Post.
    Conclusões demasiado obvias, dado sermos seres únicos cada um tem um sentido da vida. Nao é pelo número de vezes que questionamos as coisas, ou por as questionarmos que nos vamos perder em questões intermináveis.
    Nem o irmos para o campo e sujar as mais que vamos perceber o sentido da vida ou este se nos vai revelar. Cada caso é um caso…
    Mas o tema foi bem escolhido!
    ;)

    • Inesperado.org 3 de Dezembro de 2013 às 10:00 #

      Obrigado pelo comentário, Anónimo!
      Concordamos em discordar ;)
      Continua a aparecer

  5. Anónimo 26 de Novembro de 2013 às 19:37 #

    O sentido da Vida? Monty Phyton? A vida de Brian?? Para que serve a vida que vivemos se não a conseguirmos viver in full? Nunca vamos conseguir ser o que queremos! Mas podemos tentar! Marionetas rusticas num palco improvisado!

  6. Anónimo 26 de Novembro de 2013 às 11:23 #

    “Descobrir para que somos feitos é uma aventura do tamanho da nossa vida.”
    Como se a vida fosse um ligado de proezas que vamos empilhando à nossa medida… ao nosso passo. Quando tivermos construído um monte alto o suficiente vamos conseguir olhar ao espelho e ver: uau! Sou eu!
    Grande inesperado: obrigada pela “visão”.

  7. Duarte 26 de Novembro de 2013 às 10:48 #

    Por isso é que decidi fazer um seguro de vida às minhas mãozinhas. Sem elas não tenho maneira de as sujar como deve ser!
    Sempre incisivo nas suas obervações. Obrigado mais uma vez.

  8. Sara O Bastos 26 de Novembro de 2013 às 10:28 #

    Obrigada pela inspiração sempre com os pés no chão :)

  9. Silvia 26 de Novembro de 2013 às 10:20 #

    Concordo em absoluto. A descoberta do sentido da nossa vida vem aos poucos, quando aceitamos sair da nossa zona de conforto para irmos para o centro da arena, lutar, suar, mas descobrir quais os valores que nos movem! Um discurso lindo que ilustra o seu texto é o “Man in the arena” de Theodore Roosvelt!

    Obrigada pelos seus posts sempre inspiradores!

Comenta aqui

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s